Diretoria e Jurídico do SindSaúde se reúnem com servidores de Sobradinho

Governador determinou exoneração da equipe de direção e sindicato quer ouvir profissionais

Na manhã desta quarta-feira (15), o SindSaúde DF irá conferir a situação no Hospital Regional de Sobradinho (HRS), onde servidores podem ser afastados pelo governo do Distrito Federal. “Antes de mais nada, queremos ouvir a voz dos funcionários da unidade e faremos isso amanhã, junto com nosso Jurídico”, afirma a presidente Marli Rodrigues. 

No último sábado, uma jovem de 19 anos morreu na unidade após parada cardiorrespiratória. Nesta segunda-feira (13), o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que iria exonerar toda a Diretoria do HRS para investigar suposta omisso no atendimento.

Até a manhã desta terça, as destituições não foram publicadas no Diário Oficial do DF. A SES nega negligência por parte dos profissionais do Hospital de Sobradinho.

Fonte: SindSaúde DF – Imagem: Éder Oliveira

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: