Frejat e Caiado, de Goiás, querem ligar Entorno e Brasília por VLT

 

A equipe do ex-secretário de saúde elaborou um plano que aproveita trilhos existentes e prevê transportar pessoas de Luziânia (GO) até o DF

Ex-secretário de saúde e “buritizável” Jofran Frejat (PR) e o senador e pré-candidato a governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) formaram aliança mirando a população do Entorno do Distrito Federal. Na semana passada, os dois apresentaram um projeto, na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para ligar cidades goianas e a capital da República por meio de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

A ideia de implantar um sistema de transporte de passageiros ferroviário não é nova. A equipe de Jofran Frejat, no entanto, já elaborou um plano que aproveita os trilhos existentes e prevê transportar pessoas de Luziânia (GO), passando por outros municípios, até o Núcleo Bandeirante ou o Guará, com parada em Santa Maria.

Frejat disse ao Metrópoles haver possibilidade de financiamento do projeto, sem custos aos cofres públicos. O republicano ainda faz promessa: o VLT estará no plano de governo e, caso seja eleito, assim como seu parceiro político, sairá, finalmente, do papel. “Foi feita opção pelo transporte rodoviário quando o ferroviário é mais barato, fácil de lidar e transporta mais gente”, defendeu.

Frejat e Caiado alimentam afinidades: além de se conhecerem dos corredores do Congresso Nacional quando ambos eram deputado federal, os dois são médicos. A união foi costurada por correligionários, como o deputado federal Alberto Fraga (DEM), do mesmo partido de Caiado, e o ex-prefeito de Cristalina (GO) Luiz Carlos Attié.

Assim como Frejat tentará evitar a reeleição de Rodrigo Rollemberg (PSB) no Distrito Federal, Caiado deve enfrentar o atual governador de Goiás, José Eliton (PSDB), nas urnas. Eliton é pupilo de Marconi Perillo (PSDB), ex-governador que deixou o cargo para disputar o Senado.

Politicamente, a chamada Região Integrada de Desenvolvimento (Ride) é cobiçada porque a soma das Regiões Administrativas do Distrito Federal e as cidades goianas e mineiras do Entorno chega a 4,4 milhões de habitantes. O número deve crescer ainda mais porque no último dia 22 o Senado Federal aprovou a inclusão de mais 12 municípios na Ride.

Para Brasília, moradores das cidades vizinhas são força de trabalho. Só em Planaltina de Goiás, 54,9% dos ocupados deslocam-se diariamente rumo à capital do Brasil para trabalhar, segundo pesquisa da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgada em 2016.

Transpequi
A ligação entre Goiás e Brasília por meio de trilhos já virou lenda. A população ainda aguarda o Transpequi, trem de velocidade média (160 km/h), que vai ligar Brasília a Goiânia (GO), previsto para sair do papel até 2020. A viagem de 95 minutos percorrendo os 207 quilômetros que separam as duas capitais, vai sair a R$ 60, preço equivalente ao cobrado pelas empresas de ônibus em linhas executivas. Os dados foram divulgados em estudos de viabilidade técnica, econômica, socioambiental e jurídico-legal pela ANTT.

 

Fonte: Metrópoles

Foto: Divulgação

 

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: