Hélio Doyle vai processar Raimundo Ribeiro

 

Distrital acusou o jornalista de lavagem de dinheiro e de ter “problema no nariz”

O jornalista e ex-chefe da Casa Civil do GDF Hélio Doyle vai acionar na Justiça o deputado distrital não reeleito e futuro diretor da Agência de Águas (Adasa) Raimundo Ribeiro (MDB) por ataque à sua honra. Doyle cobrará indenização pecuniária.

Na sexta-feira (14), Ribeiro ocupou a tribuna da Câmara Legislativa para responder críticas de Doyle à decisão do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) de nomeá-lo para a direção da Adasa e o também distrital derrotado nas urnas Wellington Luiz para a presidência do Metrô. O articulista escreveu que a Lei de Responsabilidade das Estatais veda a presença de políticos militantes na direção de empresas públicas.

O artigo de Doyle foi publicado naquela data em um portal de notícias. Wellington Luiz foi mais ponderado. Entretanto, em seu pronunciamento, Ribeiro acusou o jornalista de crime de lavagem de dinheiro, de ser sócio oculto de veículos de comunicação e de ter problemas no nariz.
”Como operei desvio de septo há 38 anos, provavelmente ele estava insinuando que cheiro cocaína”, disse Doyle em texto publicado sábado (15). “Logo eu que sou careta”, disse o jornalista ao Brasília Capital, confirmando que vai processar Ribeiro.

Segundo ele, os dois distritais fizeram agressões gratuitas. “Eles poderiam ter se defendido de outra maneira”, concluiu, descartando processar Wellington Luiz. “Ele só rosnou”, justificou.

 

Fonte: Jornal Brasília Capital

Por Orlando Pontes

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

 

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: