SindSaúde lança Centro de Estudos e Atendimento para pesquisas sobre saúde mental do servidor

Diretoria do Espaço NovaMente receberá convidados no Hotel San Marco, em 21 de março

Depois de anos de sonho e trabalho para torná-lo realidade, o SindSaúde lançará, na próxima quinta-feira (21), o Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do DF (Espaço NovaMente). O evento para apresentação do espaço e projeto será no Hotel San Marco, às 19h. 

“Foram muitos anos vendo os servidores adoecerem e se afastarem, sem que o Estado fizesse nada. Agora, podemos dizer que estamos de fato contribuindo: estudando as causas, ajudando no acolhimento e acompanhando o tratamento desses servidores”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues. 

O evento contará com participação dos parceiros e apresentação da equipe multidisciplinar e metodologia de trabalho. Além de psicólogos e assistentes sociais, a equipe conta também com fisioterapeuta, enfermeiro, educador físico, nutrólogo e terapeuta ocupacional. 

O Espaço NovaMente tem sede no Guará, com 4 mil metros quadrados de área verde e 800 metros de área construída. Além dos consultórios, há ambientes especiais como o redário, uma sala para chás e espera de acompanhantes e locais ao ar livre para realização de biodança e meditação.

Conceito

A NovaMente surge com um conceito totalmente inédito no tratamento da Saúde Mental. Além do acolhimento e atendimento dos servidores adoecidos, o Centro fará pesquisa e análise de dados para identificar as causas do adoecimento e propor políticas públicas ao Governo do Distrito Federal. 

“Nós não queremos e nem vamos substituir nenhum serviço existente. Faremos o diálogo com o Centro de Atenção Psicosocial (CAPS) de referência do paciente e contato também com outros dispositivos existentes como clínicas e centros particulares ou públicos. O servidor adoecido precisa ressignificar a vida dele e essa é nossa função”, explica Lucio Costa, psicólogo especialista em saúde mental e supervisor técnico da NovaMente.

 

Servidor doente

Segundo dados do relatório da Diretoria de Epidemiologia em Saúde do Servidor (2015 – 2017), 40 mil servidores da assistência à Saúde pediram licença no período. Desses, 22,6% dos afastamentos no GDF foram por ansiedade, depressão e estress grave – ou seja, a cada 5 servidores afastados, 1 é por motivo de doença psicológica. 

Serviço:
Lançamento do Espaço NovaMente – Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do DF
Quinta-feira (21/03), às 19h
Hotel San Marco, Quadra 5 do Setor Hoteleiro Sul

Fonte: SindSaúde DF – Imagem: Éder Oliveira – Fotos: Divulgação/SindSaúde DF

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: